FOSFATASE ÁCIDA RECOMBINANTE RCP01850 DE CORYNEBACTERIUM PSEUDOTUBERCULOSIS E SEU USO EM VACINAS DE SUBUNIDADE PARA A LINFADENITE CASEOSA

Nº DO PEDIDO: BR 10 2016 016891 0

Poucos antígenos vacinais de Corynebacterium pseudotuberculosis foram expressos em sistemas de expressão heteróloga. E, das poucas vacinas disponíveis no mercado para a linfadenite caseosa, todas apresentam algum grau de reações adversas ou falhas vacinais. Tendo em vista esses problemas, o presente invento aborda o processo de produção e uso em formulações vacinais da fosfatase ácida recombinante rCP01850 de C. pseudotuberculosis, gerada a partir da clonagem parcial ou total do gene cp1002_RS01850. A proteína rCP01850, produzida em cepas de E. coli utilizando o vetor pAE, apresenta aproximadamente 33,5 kDa e foi capaz de induzir níveis elevados de IgG, em especial dos seus isótipos IgG1 e IgG2a, além de taxas de proteção de até 70%. Desta forma, a rCP01850 pode ser utilizada em composições vacinais de forma isolada ou associada a outros antígenos, contendo ainda qualquer adjuvante fisiologicamente aceitável. De forma mais específica solicita-se ainda a proteção sobre as formulações de vacinas recombinantes de subunidade para a linfadenite caseosa compostas pela associação da rCP01850 com a saponina e da rCP01850 associada com o adjuvante de própolis vermelha brasileira
www.000webhost.com