ADJUVANTE DE PRÓPOLIS VERMELHA BRASILEIRA E SEU USO EM UMA VACINA RECOMBINANTE DE SUBUNIDADE

Nº DO PEDIDO: BR 10 2016 016742 6

A presente invenção apresenta o Adjuvante de Própolis Vermelha Brasileira (APVB)baseado em extrato hidroalcóolico desse tipo de própolis a ser utilizado em qualquer formulação vacinal para uso humano e/ou veterinário com o objetivo de elevar a imunogenicidade e eficácia deantígenos recombinantes.Até o presente momento apenas as própolis marrom e verde haviam sido utilizadas em formulações vacinais como substâncias adjuvantes. O APVB, no entanto, apresenta uma composição de flavonóides diferenciada, sendo capaz de aumentar os níveis de anticorpos específicos, bem como os níveis de proteção. As preparações vacinais devem conter um ou mais antígenos de agentes infecciosos ou não obtidos por tecnologia de DNA recombinante em associação a uma quantidade APVB em um veículo excipiente, podendo opcionalmente conter adjuvantes secundários e/ou veículos estabilizantes, edulcorantes e/ou corantes, conservantes e outros aditivos. Adicionalmente, descreve-se uma formulação vacinal contra a linfadenite caseosa composta pelo antígeno recombinante rCP40, uma serina-protease de Corynebacterium pseudotuberculosis, associada ao APVB
www.000webhost.com